A Cidade de Ibiúna

A cidade de Ibiúna

Ibiúna esta localizada a 65 km da cidade de São Paulo, vindo pela Rodovia Raposo Tavares até Vargem Grande Paulista onde encontramos o acesso a Rodovia Bunjiro Nakao, mais 18 km entramos no município de Ibiúna.

Leia a história de Ibiúna:

Ibiúna é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a umalatitude 23º39’23″ sul e a uma longitude 47º13’21″ oeste, estando a uma altitude de 996 metros. Sua população estimada em 2010 era de 71.217 habitantes.

Etimologia

O nome da cidade vem da língua tupi e significa “terra preta”, através da junção das palavras yby (“terra”) e un (“preta”).

Estância turística

Ibiúna é um dos 29 municípios paulistas considerados “estâncias turísticas” pelo estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do estado para a promoção do turismo regional. O município também adquire o direito de agregar, junto a seu nome, o título de “estância turística”, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais. Ver artigo principal: Estância turística (São Paulo)

História

A cidade foi colonizada por portugueses, espanhóis, italianos, japoneses e árabes. Surgiu a partir de uma fazenda que tinha como ponto central uma capela onde hoje se encontra a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores.

Foi sede, em 1968, do XXX Congresso da União Nacional dos Estudantes,7 que resultou na prisão de 920 estudantes.

A antiga prefeitura, que funcionava no prédio onde funcionou a Telesp, foi construída onde fora, outrora, antigo cemitério. À época da construção, o cemitério foi aterrado. Moradores antigos contam episódios de crânios e restos humanos espalhados pelo centro da cidade, nos anos 1970.

Geografia

Distritos existentes: Carmo Messias e Paruru (Lei Municipal Número 401, de 1997) O município de Ibiúna se localiza na bacia fisiográfica do Paranapiacaba, apresentando, a sede municipal, as seguintes coordenadas geográficas: latitude S.23’39’20′ – longitude W.Gr.47’13’31′ e distante em linha reta da capital do estado em 63 km. A localização geográfica do município de Ibiúna é a região sudeste do estado de São Paulo, nas encostas da Serra do Paranapiacaba.

Topografia

A topografia do município é bastante variável, uma vez que esta se localiza nas encostas da serra do Paranapiacaba, normalmente ondulada, acidentada e montanhosa. A maioria das terras possuem declividade superior a doze por cento, podendo atingir cem por cento nas regiões mais altas. Por esta razão, a maior parte da agricultura local é desenvolvida nas terras de encostas e meia encosta, devido à ausência generalizada de planícies. Possui 62,9 por cento da Represa de Itupararanga em suas terras.

Clima

O clima de Ibiúna é o subtropical, com verões amenos chuvosos e invernos amenos e sub-secos, tendo temperatura média anual em torno de dezessete graus centígrados, sendo o mês mais frio julho, com média de treze graus centígrados e o mês mais quente fevereiro, com média de 22 graus centígrados. A precipitação média anual gira em torno de 1 400 milímetros. Geadas ocorrem durante todo o outono e inverno, quando existem influências das massas de ar polares que afetam a região nesta época do ano. Ibiúna é considerada como uma das cidades mais frias da região onde se localiza, segundo o senso comum.

Demografia

Dados do Censo de 2010

População Total: 71.217

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia

  • Rio Una
  • Rio Sorocabuçu
  • Rio Sorocamirim

Rodovias

  • SP-250 Bunjiro Nakao
  • Rodovia Tancredo Neves ( vicinal)
  • Rodovia Julio Dal Fabbro ( vicinal)
  • Rodovia Quintino de Lima

Ligações externas

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ibiúna